– Em sintonia com os limites da cidade –

Arquivo para outubro, 2009

Cineclube no Taquaril

Galera,

Nesta quinta-feira, 29/10, às 19h, o Espaço Cultural Planetários, no Taquaril (zona leste), recebe o Cineclube Sabotage – Sessão Direitos Humanos, com a mostra do documentário “Trajetória dos Direitos Humanos”, de Bernardo Brant, junto com a Oficina de Imagens e Secretaria Especial dos Direitos Humanos – SEDH/Governo Federal.

O vídeo traça a trajetória de movimentos sociais e políticos no Brasil e no mundo, na conquista de direitos humanos ao longo da história. A abertura fica por conta do video-clipe “Castelo de Madeira”, A Família.

(mais…)


Do Morro ao Asfalto na Serra

E eis que o Aglomerado da Serra recebe, neste fim de semana, o projeto “Do Morro ao Asfalto”. Desde a primeira edição do projeto, as rodas de samba agregam iniciativas de inclusão e ampliação do acesso a direitos das populações de cada região.

(mais…)


Audiência Pública sobre Corta-Caminho

Mais um assunto com o qual se preocupar: o Corta-Caminho, ideia do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda.

Segue abaixo um texto, convocando para uma audiência pública para discutir o projeto.

Pampulha: Moradores e autoridades discutem Viurbs/Corta Caminho

Moradores da Pampulha e autoridades municipais se reúnem para discutir o Programa de Reestruturação Viária e Urbana de Belo Horizonte (Viurbs/Corta Caminho), que vai promover mudanças na região. A audiência pública promovida pela Câmara Municipal, por requerimento do vereador Sérgio Fernando (PHS), será realizada na terça-feira, 27/10, às 19h30, no Colégio Ined (antigo Pitágoras), na Pampulha.

(mais…)


Em sintonia com os limites da cidade

Olás a todos!

Na 4ª feira passada (dia 14) estreamos na Rádio UFMG Educativa um novo programa, coordenado por seis jornalistas: Bruno Vieira, Fábio Freitas, Fernanda Godinho, Luana Costa, Luciana Carvalho e Vinícius Luiz. O programa se chama “Conexão Periférica”, e vem colocar no centro das atenções as políticas públicas, questões urbanas e pessoas que vivem e atuam nas periferias ou têm pouca visibilidade.

(mais…)